PREOCUPADO COM O AMANHÃ

0
886

*** Este texto foi retirado do site Iluminalda e está sendo replicado para edificação dos seguidores do Ponto das Igrejas ***

 PREOCUPADO COM O AMANHÃ?  de Danilo Souza

preocupado-Duvida-nome-sujo-na-praca-SPC-SERASA“Até quando, SENHOR, clamarei eu, e tu não me escutarás?
Gritar-te-ei: Violência! e não salvarás?”. (Habacuque 1:2)

E 2012, como será? Quais as expectativas para o Novo Ano? Nem todas as perguntas possuem respostas fáceis. Tente responder a uma mãe que pergunta o motivo de Deus ter recolhido seu filho pequeno.

Explique a um marido em prantos por qual razão o Senhor permitiu a morte de sua esposa. A vida reserva momentos inexplicáveis, para que em meio ao oceano de dúvidas a graça de Deus se manifeste.

Habacuque precisou liberar os questionamentos que assombravam sua alma para receber a palavra do Senhor. Coloque para fora o que tem lhe oprimido! Fale com Deus em oração! Ele não ficará chateado com você!

Quem conta para o Pai seus problemas experimenta consolação em seu coração!

A nossa única preocupação em 2012 deverá ser o fato de agirmos como filho, independente do momento que passarmos, perante um Deus amoroso que anseia agir como Pai.

“…Preocupação, meus pêsames, ando muito pré-ocupado agindo como filho de Deus…”

Começe o ano novo com um Plano de Leitura da Bíblia em Um Ano 
www.hermeneutica.com/mensagens/.

Fonte: Iluminalma

COMPARTILHAR
Artigo anteriorArqueólogos descobrem selo de argila usado no Templo de Jerusalém
Próximo artigoInscrição em pedra é projeto da Torre de Babel, diz pesquisador
O Ponto das Igrejas é um canal interativo onde o povo de Deus toma conhecimento sobre os fatos que ocorrem no Brasil e no mundo. Desta maneira, ajudamos aos irmãos que não podem ficar muito tempo na internet , ao acessar o Ponto, sair do campo da ignorância e perceber que Jesus está voltando. O Ponto, atualmente, apresenta alguns colunistas que estão sendo usados por Deus para dar ânimo aqueles soldados feridos nas batalhas da vida. Somos criados para glória Dele e usamos as palavras para testemunharem os feitos do Senhor em nossa vida.