O Presidente das Filipinas, Rodrigo Duterte, assinou uma ordem executiva que proíbe estritamente a posse de qualquer tipo de material pornográfico. Quem for proprietário de uma revista ou ver material pornográfico on-line será punido com duras multas, além da possibilidade de serem presos (no caso, os reincidentes).

“Com respeito à santidade do Senhor, Jesus Cristo, quero celebrar o primeiro Natal do meu governo limpando o condado de seus pecados”, disse o presidente.

“A pornografia tem prejudicado as crianças e tem prejudicado nossa moral ao longo dos anos, especialmente com a capacidade de nossa tecnologia moderna. Até mesmo uma criança de oito anos pode pesquisar vídeo pornográficos na internet em poucos minutos”, ressaltou.

A nova lei especifica que os infratores que foram flagrados pela primeira vez serão multados em 5 mil pesos filipinos (cerca de 350 reais). Se eles repetirem a ação, podem ser multados em 50 mil pesos filipinos (cerca de 3.500 reais) e podem até enfrentar de 1 a 2 anos de prisão.

“Quero assegurar aos bons cidadãos das Filipinas que os valentes homens e mulheres da polícia estarão em plena força, rastreando criminosos que utilizem a pornografia”, disse o presidente.

Transformação pessoal

Recentemente o presidente declarou que não iria mais falar palavrões. Conhecido por seus discursos “desbocados”, Rodrigo Duterte resolveu mudar sua portura depois de ter uma experiência com Deus. “Eu estava olhando para o céu e vi que todo mundo estava dormindo e roncando”, iniciou.

“Uma voz disse para mim: ‘Se você não parar de falar palavrão, vou fazer esse avião cair agora mesmo’. E eu disse: ‘quem é esse’? É claro, era Deus. Então, eu prometi a Deus que não ia mais me expressar por meio de palavrões”, relembrou.

COMENTE PELO FACEBOOK