Secretário Rúbens Teixeira faz desafio à jornalista da Veja

0
231
Rubens Teixeira, Secretário de Conservação e Meio Ambiente da prefeitura do Rio de Janeiro

Secretário de Conservação e Meio Ambiente da cidade do Rio de janeiro lança no seu canal no Youtube um desafio em resposta a nota publicada pela jornalista Alessandra Medina da Revista Veja.

Em nota no seu Perfil no Facebook, Rubens Teixeira diz que na função de secretário municipal de conservação e meio ambiente da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, por ser servidor de carreira do Banco Central do Brasil (BACEN), recebe vencimentos pelo seu órgão de origem e a Prefeitura ressarce ao BACEN. Teixeira alega que essa é uma prática quando um órgão pede cessão de um servidor de outro com ônus para o que pede.

Confira o vídeo publicado pelo Secretário em seu Canal no Youtube

Confira na Integra a Nota de Esclarecimento do Rubens Teixeira em sua FanPagen

NOTA DE ESCLARECIMENTO

Esclareço que eu, na função de secretário municipal de conservação e meio ambiente da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, por ser servidor de carreira do Banco Central do Brasil (BACEN), recebo vencimentos pelo meu órgão de origem e a Prefeitura ressarce ao BACEN. Essa é a prática quando um órgão pede cessão de um servidor de outro com ônus para o que pede.

Sendo assim, na prática, o ônus de toda a minha remuneração é de responsabilidade da Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, onde me dedico na integralidade do meu tempo. Baseado na premissa falsa que recebo do Banco Central sem trabalhar, uma juíza deu uma liminar a um advogado para suspender meu pagamento. A decisão liminar da magistrada foi ‘inaudita altera parte’ (ou seja, sem ouvir as outras partes: Banco Central, Prefeitura e eu). Ela partiu da premissa que o advogado estava certo e todas as demais partes erradas, mesmo deixando de ouvir qualquer uma delas.

A Procuradoria do Banco do Central está tomando as medidas necessárias para esclarecer a verdade dos fatos relacionados ao processo que este advogado moveu contra mim e contra vários membros da Prefeitura. A Procuradoria da Prefeitura também fará o mesmo.

Ressalto que acionei meu advogado particular para analisar as ações cabíveis para interpelar cível e criminalmente o responsável por esta denúncia falsa.

A verdade virá à tona e cada um responderá na instância devida pelos seus atos. Para isso, a principal virtude é a paciência. Nada perderemos por esperar. A verdade se defende. Neste caso, não haverá mentiroso impune e o Brasil saberá as verdadeiras razões por trás das cortinas. A batalha está só começando. Aguardemos.

Confira direto da Fonte

Fonte: Ponto das Igrejas / Facebook / Youtube

COMPARTILHAR
Artigo anteriorO momento é agora
Próximo artigoTrump é convidado pelo Sinédrio para subir no Monte do Templo, em Jerusalém
Ponto das Igrejas
O Ponto das Igrejas é um canal interativo onde o povo de Deus toma conhecimento sobre os fatos que ocorrem no Brasil e no mundo. Desta maneira, ajudamos aos irmãos que não podem ficar muito tempo na internet , ao acessar o Ponto, sair do campo da ignorância e perceber que Jesus está voltando. O Ponto, atualmente, apresenta alguns colunistas que estão sendo usados por Deus para dar ânimo aqueles soldados feridos nas batalhas da vida. Somos criados para glória Dele e usamos as palavras para testemunharem os feitos do Senhor em nossa vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui