Tendência entre adolescentes cristãs, selfies sedutoras são criticadas por blogueira

0
550

SelfieA exploração da sensualidade na mídia funciona como uma espécie de bombardeio, e termina por influenciar pessoas de todas as faixas etárias e crenças. Com a ascensão de redes sociais exclusivamente voltadas para fotos, como Pinterest e Instagram, muitas adolescentes evangélicas publicam fotos em poses sociais, e esse fato gerou um movimento contra-cultura nos Estados Unidos.

Duas irmãs texanas lançaram o blog Girl Defined, em que se engajam contra o feminismo e a favor da distinção de gênero, como forma de frisar e manter “o propósito que Deus definiu” para as meninas.

“Infelizmente, vivemos em uma cultura que treina as nossas mentes para ver sedução como norma a partir de uma idade muito jovem. Basta dar uma rápida caminhada pelo shopping e você verá cartazes atrás de cartazes com modelos em poses sensuais. Desde a invenção do Pinterest, Instagram e outros aplicativos, imagem sensuais estão em nossa frente mais do que nunca”, diz Kristen Clark, uma das autoras do movimento.

Kristen demonstra indignação com a atual tendência das jovens cristãs aderirem à exposição de sua sensualidade como se fosse algo banal: “Como garotas cristãs, estamos sendo bombardeadas por mensagens de nossa cultura que sedução e poses sensuais são legais, descoladas e normais. Tirar selfies sedutoras não é mais atrevido… é aceitável e louvável. Por vivermos em um mundo caído, faz sentido que a cultura incentive as garotas a agirem assim”, raciocina, antes de acrescentar: “Fico chocada, às vezes, quando eu entro no meu Instagram e vejo algumas das poses sensuais que minhas amigas cristãs estão postando. O que mais me surpreende é que eu leio os comentários de outros amigos cristãos que estão elogiando as imagens e chamando-as de ‘lindas’. Como assim? Parece uma epidemia”.

Além das razões culturais contemporâneas mais explícitas, Kristen aponta para questões de ordem psicológica como motivadoras dessa tendência entre adolescentes e jovens cristãs: “A verdade é que, postar selfies sedutoras é apenas um sintoma exterior de uma questão muito mais profunda. É um sinal de uma menina que anseia por algo mais. É um sinal de uma menina que está tentando encher o seu ego através dos louvores e elogios de seus amigos. Uma menina que deseja atenção de rapazes e tem a esperança de que eles vão notar uma de suas fotos. Uma menina que quer parecer confiante, mas é fraca e solitária no interior. Uma menina que gosta de seduzir os rapazes fazendo com que eles ‘queiram o que não podem ter’”, teoriza.

Ao final de seu raciocínio, a blogueira Kristen Clark diz que “todo o propósito de nossas vidas é apresentar Cristo aos outros”, e por isso, as selfies sedutoras não estão em concordância com a vida cristã: “Esse tipo de foto nunca é centrada em Cristo, mas é sempre centrada em si mesma. Deus nos chama a viver uma vida moralmente pura em todos os sentidos. Postando fotos sedutoras de si mesma, você não está promovendo a pureza ou santidade dentro do corpo de Cristo […] Efésios 5:1,3: ‘Sede, pois, imitadores de Deus, como filhos amados. Mas a impudicícia e toda sorte de impurezas ou cobiça nem sequer se nomeiem entre vós, como convém aos santos’”.

Fonte: Mulherespiedosas.com.br & Ponto das Igrejas