Campanha “Eu Escolhi Esperar” volta a ser destaque no Twitter

0
237

eu-escolhi-esperarCada dia que passa mais jovens aderem a mobilização por uma vida sentimental santa.

Nesta terça-feira, 2, a campanha Eu Escolhi Esperar se tornou uma das palavras mais comentadas do Twitter, dessa vez a hashtag que chegou ao Trend Topics Brasil foi #escolhoesperar.

A mobilização tem como objetivo incentivar os jovens a esperar não só para iniciar sua vida sexual depois do casamento como também esperar para começar um relacionamento uma vez que muitas pessoas acabam se decepcionando em relações doentias que só trazem sofrimento.

“#escolhoesperar Não troco minha salvação por 5 minutos de satisfação da minha carne, meu corpo não é lixão, é templo do Pai”, escreveu um tuiteiro.

“Tantas frustrações, decepções e desilusões, é #escolhoesperar pela pessoa certa”, escreveu uma jovem.

Os diretores da Mobilizando o Brasil, a ONG que encabeça esse projeto, chegou a comemorar em seu Twitter oficial por estar no topo da TTbr outra vez. “Como diria um ex-presidente “Nunca antes na história deste país”… ouviu-se tanto falar sobre uma JUVENTUDE CRISTÃ UNIDA POR UM TEMA!”

A MOB também comemorou que o tema estava unindo cristãos de todo o Brasil. “#EscolhoEsperar está cooperando com algo tremendo no Twitter: unindo os cristãos! São milhares de jovens, pais, líderes e denominações.”

Polêmica

Como todas as vezes que entra para a lista das palavras mais comentandas, #EscolhoEsperar levanta uma polêmica muito grande, principalmente para quem enxerga a campanha apenas como uma mobilização pela virgindade.

Muitas pessoas criticam quem faz essa escolha dizendo que é necessário “experimentar” o sexo antes para saber se gosta e do que gosta. Outras também dizem que esse discurso de virgindade até o casamento é uma hipocrisia.

“Eu #escolhoesperar é uma forma de sintetizar ‘eu escolho transar escondido e dizer pro meu pai que sou virgem para casar de branco’.” Escreveu ironicamente um internauta.

Fonte: Gospel Prime

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui