“Glória a Deus” diz Felipe França, medalhista de ouro no Pan 2011

0
201

NATACAO-BRASILEIRAApesar de fechar o 1º dia de provas com folga na segunda posição do quadro geral de medalhas do Pan-Americano, o Brasil viu seu posto ser ameaçado durante quase todo o domingo, 16, e só manteve a colocação graças, mais uma vez, à natação. Um dos grandes nomes desta vez é Felipe França, que após boa eliminatória, faturou a medalha de ouro nos 100m nado peito. “Glória a Deus, Ele que me deu folego para terminar esta prova” agradeceu.

Com o show mais do que esperado de Cesar Cielo, maior nome da modalidade do país, a delegação brasileira arrematou mais três ouros no Centro Aquático Scotiabank, totalizando cinco e se mantendo à frente da Colômbia, que conta com três douradas.

Por sinal, a disputa deste domingo foi entre as bicicletas colombianas, que levaram dois ouros e nossos nadadores, que ficaram no alto do pódio nos 100 m nado livre, com direito a novo recorde Pan-Americano, no revezamento 4×100 m, na reedição da vitória sobre os EUA quatro anos antes e nos 100 m nado peito, com Felipe França.

Nos 100m nado livre, Cielo não deu chances aos rivais e, pela primeira vez na carreira, nadou abaixo dos 48 segundos sem o uso de maiôs tecnológicos. No revezamento, Cielo contou com a ajuda de Bruno Fratos, Nicolas Santos e Nicholas Oliveira para liderar de ponta a ponta e bater os EUA pela segunda vez seguida nesta prova no Pan-Americano.

No entanto, a disputa de maior emoção para os torcedores brasileiros foi a dos 100 m nado peito, quando os Felipes, França e Lima, fizeram respectivamente a dobradinha mais comemorada dos Jogos.

Antes, porém, as meninas da ginástica rítmica já haviam garantido o lugar mais alto do pódio ao conquistar o tetracampeonato Pan-Americano, e o Tenente-coronel da FAB (Força Aérea Brasileira) Júlio Almeida, o bronze na pistola de ar de 10 m do tiro esportivo.

Com esse cenário, nossa delegação terminou o dia com 13 medalhas no total, sendo cinco de ouro, ficando atrás apenas dos EUA, que já acumulam 26 medalhas, sendo 11 delas douradas.

Colômbia com três ouros, além de Canadá, México e República Dominicana com duas medalhas douradas cada, concluem, nesta ordem, os seis primeiros países no quadro geral de medalhas e aqueles que, dentre as 44 delegações participantes, conquistaram o posto mais cobiçado dos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara, no México.

Fonte: R7

Via: www.PONTODASIGREJAS.com.br

COMPARTILHAR
Artigo anteriorFaleceu o co-fundador do Ministério Portas Abertas
Próximo artigoCantora cristã que passou dois anos presa em contêiner vem ao Brasil
O Ponto das Igrejas é um canal interativo onde o povo de Deus toma conhecimento sobre os fatos que ocorrem no Brasil e no mundo. Desta maneira, ajudamos aos irmãos que não podem ficar muito tempo na internet , ao acessar o Ponto, sair do campo da ignorância e perceber que Jesus está voltando. O Ponto, atualmente, apresenta alguns colunistas que estão sendo usados por Deus para dar ânimo aqueles soldados feridos nas batalhas da vida. Somos criados para glória Dele e usamos as palavras para testemunharem os feitos do Senhor em nossa vida.