Eu me casaria com um ex-gay, disse Mara Maravilha ao CQC

0
376

mara-maravilha-sem-saida-320x182Mara Maravilha foi chamada pela produção do CQC, na Band, para participar do quadro “Sem Saída” onde os entrevistados respondem várias perguntas estando ligados a uma “máquina da verdade”. A apresentadora Dani Calabresa fez diversas perguntas para a cantora evangélica e o poligrafista Jorge Maria conferia se ela estava falando a verdade ou mentindo.

Um das perguntas acabou deixando Mara constrangida, por questioná-la sobre a sensação de posar nua para a revista Playboy. Mesmo sem gostar de lembrar deste assunto, a ex-apresentadora infantil respondeu que “gostoso não é, mas a conta bancária agradece”.

A máquina da verdade disse que Mara ficou constrangida, mas que falou a verdade principalmente sobre a conta bancária, pois o cachê dado pela revista, publicada na década de 1990, foi alto.

Outro assunto polêmico que Mara Maravilha precisou responder foi sobre o extinto projeto de “cura gay”. Recentemente a evangélica afirmou que acredita que um homossexual pode deixar a prática e no programa CQC ela reafirmou o que pensa.

“Eu acredito na escolha de cada um. Eu estava me maquiando e o maquiador disse: ‘eu sou [gay] e gostaria de deixar de ser’”, disse Mara. A máquina reconheceu a afirmação da ex-apresentadora como verdadeira.

Ainda sobre esse assunto Mara Maravilha declarou: “Eu me casaria com um ex-gay”.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui