Renascer esclarece campanha de doação com sorteio na loteria

0
176

moticias-Igreja-Renascer-em-Cristo1-206x155A Igreja Renascer em Cristo enviou uma nota de esclarecimento explicando que o  projeto “Clube Gideão” é uma parceria com a empresa Mongeral Aegon que estará oferecendo o serviço de seguro de vida para todos os que se propõem a ajudar as obras assistenciais da igreja.

Em nota a denominação dirigida pelo casal Estevam e Sonia Hernandes diz que o projeto Gideão da Conquista está ativo há mais de 20 anos e serve para sustentar projetos como o Núcleo Heliópolis que atende crianças com idade escolar, além dos centros de recuperação para dependentes químicos.

Dizendo que a matéria da coluna de Ricardo Feltrin trouxe informações difamatórias, a assessoria da Renascer diz que o projeto de doações não tem relação com o dízimo. “A matéria do UOL não cita o Projeto Gideão da Conquista e ainda acusa a igreja de ‘tirar’ dinheiro dos fiéis, uma acusação gravíssima, já que toda e qualquer doação à igreja é voluntária”, diz trecho da nota.

Leia na íntegra:

NOTA DE ESCLARECIMENTO

A Igreja Renascer em Cristo informa que o Projeto Gideão da Conquista está ativo há mais de 20 anos e nunca teve fins lucrativos. Voltado para o auxílio de obras assistenciais que atendem, sobretudo, crianças e dependentes químicos, acaba de firmar parceria com a seguradora Mongeral Aegon.

Essa parceria foi alvo de matéria difamatória publicada pelo portal UOL. A igreja esclarece que sequer foi procurada pelo UOL para checar qualquer informação. O portal publicou inverdades, a começar pelo título da matéria em que diz que igreja ‘cria dízimo com seguro e sorteio pela Loteria Federal’. Em nenhum momento a igreja vinculou essa parceria ao dízimo que, de acordo com a Bíblia e sua profissão de fé, é sagrado.

Entre os programas sustentados pelo projeto Gideão estão o Núcleo Heliópolis, que atende cerca de 150 crianças em idade escolar, e os centros de recuperação para dependentes químicos masculino e feminino.

Por meio do acordo com a Mongeral, todos os participantes do Gideão da Conquista, pessoas que voluntariamente contribuem para a manutenção dessas obras, terão direito a um seguro de vida e concorrerão a prêmios mensais pela Loteria Federal.

A matéria do UOL não cita o Projeto Gideão da Conquista e ainda acusa a igreja de ‘tirar’ dinheiro dos fiéis, uma acusação gravíssima, já que toda e qualquer doação à igreja é voluntária. Também se contradiz ao dizer, posteriormente e na mesma nota, que essa doação ‘NÃO FAZ PARTE’ do dízimo, e ainda volta a afirmar que a igreja obriga seus membros a entregar quantias em dinheiro na proporção de 10 a 30% de seus ganhos, outra difamação. Reiteramos que o veículo não teve o cuidado de ouvir nenhuma das partes envolvidas.

Expressamos nossa indignação contra esse tipo de jornalismo difamatório, claramente persecutório e sensacionalista e nos colocamos à disposição de qualquer órgão de imprensa para novos esclarecimentos sobre o Projeto Gideão da Conquista.

Assessoria da Igreja Renascer em Cristo

COMPARTILHAR
Artigo anteriorRachel Malafaia fala sobre novo CD pela Central Gospel Music
Próximo artigoBelfort diz que o Espírito Santo lhe mostrou como vencer
O Ponto das Igrejas é um canal interativo onde o povo de Deus toma conhecimento sobre os fatos que ocorrem no Brasil e no mundo. Desta maneira, ajudamos aos irmãos que não podem ficar muito tempo na internet , ao acessar o Ponto, sair do campo da ignorância e perceber que Jesus está voltando. O Ponto, atualmente, apresenta alguns colunistas que estão sendo usados por Deus para dar ânimo aqueles soldados feridos nas batalhas da vida. Somos criados para glória Dele e usamos as palavras para testemunharem os feitos do Senhor em nossa vida.