O Islã é falso e muitos estão se entregando a Jesus, diz pastor da Indonésia

0
174

Embora a influência do islamismo radical venha impactando a Indonésia, o cristianismo está avançando no país, de acordo com um pastor que atua na capital, Jacarta.

O ministério de Kongkin ajuda os cristãos perseguidos da Indonésia e faz com que seus casos sejam conhecidos pelo mundo. Em seu trabalho missionário, ele tem conhecido muitas histórias de ex-muçulmanos que decidiram se entregar a Jesus.

“Os números estão ficando cada vez maiores em muitas partes da Indonésia. Há um crescimento constante”, disse ele ao site The Christian Post, observando que a comunidade islâmica está preocupada com o aumento do cristianismo.

“Muitos muçulmanos estão percebendo que o Islã é falso. Eles vêem os bombardeios e ataques terroristas feitos em nome do islamismo e se perguntam: ‘É isso mesmo o que eu quero?’”, revela Kongkin. “Eles percebem que há um caminho melhor, e então encontram a Cristo”.

Kongkin, que é ex-muçulmano, revela que foi convencido a seguir Jesus Cristo depois de conhecer a mensagem do Evangelho através de um amigo. “A mensagem de perdão, que se estende aos pecadores… Eu percebi que estava sem esperança”, disse ele. “Eu comecei a procurar saber mais e aceitei Jesus Cristo como meu salvador”.

A família muçulmana de Kongkin achava que ele estava debaixo de um espírito rebelde, mas passou a perceber que ele estava comprometido com sua nova fé. Embora o ex-muçulmano não tenha sido espancado ou expulso de casa, seus parentes passaram a desprezá-lo e mostrar que eles estavam “em lados diferentes”.

A Indonésia é uma das maiores nações muçulmanas do mundo, e apenas 7% de sua população segue o cristianismo, de acordo com o CIA Factbook. No entanto, Kongkin ressalta que cada vez mais pessoas estão abraçando Jesus.

“Não é porque eu sou cristão que vou dizer isso para exaltar o corpo cristão, mas é isso que eu estou vendo acontecer pessoalmente”, garantiu.

Recentemente, um caso que vem chamando a atenção internacional é acusação de blasfêmia contra o ex-governador cristão de Jacarta, Basuki Tjahaja Purnama, também conhecido como Ahok.

O político foi condenado por insultar a fé islâmica, depois de afirmar que seus adversários na campanha eleitoral estavam tentando usar o Alcorão para levar as pessoas a votarem contra ele.

Kongkin acredita que Ahok foi prejudicado por causa de sua fé cristã, mas Deus é seu juiz. “Em todo o país, as pessoas da Indonésia estão apoiando Ahok e pedindo para que algo seja feito”, afirmou. “Nós não queremos que os muçulmanos radicais tomem todo o país”.

COMPARTILHAR
Artigo anteriorReceba este abraço
Próximo artigoEle quer transar comigo
Ponto das Igrejas
O Ponto das Igrejas é um canal interativo onde o povo de Deus toma conhecimento sobre os fatos que ocorrem no Brasil e no mundo. Desta maneira, ajudamos aos irmãos que não podem ficar muito tempo na internet , ao acessar o Ponto, sair do campo da ignorância e perceber que Jesus está voltando. O Ponto, atualmente, apresenta alguns colunistas que estão sendo usados por Deus para dar ânimo aqueles soldados feridos nas batalhas da vida. Somos criados para glória Dele e usamos as palavras para testemunharem os feitos do Senhor em nossa vida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui