Ex-muçulmano se entrega a Jesus e evangeliza refugiados

0
117
Shapoor se converteu após migrar para o Reino Unido e se tornou missionário entre os refugiados. (Imagem: Pioneers)

Ele sentia que seu futuro era incerto e sem propósito quando imigrou do Irã para o Reino Unido como muçulmano. Mas oito anos depois, Deus está usando o missionário Shapoor para construir Seu reino entre a população de refugiados na Europa.

“Quando eu era muçulmano, eu não acreditava que Deus pudesse falar com pessoas comuns, ter qualquer relacionamento com elas ou usá-las de alguma forma”, disse Shapoor a um líder do ministério ‘Pioneers’.

Quando Shapoor começou a ler a Bíblia, viu sua vida mudar. “Quando conheci a Cristo e li a Bíblia, descobri que Deus tem um coração que arde pelos pecadores e por todos”, diz ele.

Depois que Shapoor entregou sua vida a Jesus, Deus o encheu com um desejo contagioso de pregar o Evangelho.

“Quando vi esse amor incondicional e a graça de Deus na minha vida, não consegui esconder esta Boa Nova para mim mesmo”, disse ele. “Porque nós viemos das trevas à luz, não guardamos isto para nós mesmos. Da mesma forma que você recebe livremente a salvação, leve esta mensagem livremente a outras pessoas”.

Ele começou a compartilhar a mensagem do Evangelho no campo de refugiados, povoado com imigrantes da Síria, Iraque, Irã e África, sendo muitos deles, muçulmanos.

“Eu vim aqui [campo de refugiados] todos os sábados para lhes trazer comida. Também durante a semana eu vinha para evangelizar e conversar sobre Jesus”, contou.

Com a ajuda de Deus, Shapoor conseguiu evangelizar mais de 600 iranianos, que entregaram suas vidas a Jesus.

“Uma das coisas emocionantes é passar o Evangelho para a próxima geração”, diz ele. “Como Paulo disse, tentamos encontrar as pessoas que são fiéis e ensináveis e assim os ensinamos”.

Embora haja uma reação contra os imigrantes que chegam na Europa Ocidental e no Reino Unido, Shapoor entende que Deus está criando oportunidades para a pregação do evangelho nesse contexto.

“As nações estão vindo para nós”, observa. “No Irã, as pessoas são presas porque estão compartilhando o Evangelho, mas quando elas chegam aqui têm a liberdade para compartilhar o Evangelho, ler a Bíblia e convidar os outros para a igreja”.

“Aqui ninguém quer nos prender porque pregamos o Evangelho, então esta é uma oportunidade incrível, maravilhosa para ver como Deus está usando esta difícil situação para Seu bem”, acrescentou.

Shapoor destacou que é preciso olhar para todas as pessoas com os olhos de Deus.

“Todas as pessoas são feitas à imagem e semelhança de Deus e devemos vê-las como seres humanos. Devemos vê-las com o amor de Jesus. Jesus morreu por cada pessoa na Terra. Jesus ama a todos nós, incondicionalmente”, lembrou.

“Minha pergunta é a mesma que Deus perguntou em Isaías 6: ‘A quem enviarei?”, finalizou.

FONTE: PONTO DAS IGREJAS, COM INFORMAÇÕES DO GOD REPORTS