Os irmãos cristãos Jason e David Benham participaram na última segunda-feira (23) da ‘Marcha pelo Direito à Vida’, no Estado da Geórgia (EUA), um dia após o 44º aniversário de Roe v. Wade, a decisão da Suprema Corte de 1973 que legalizou o aborto nos Estados Unidos. A dupla defendeu que o que eles mesmos chamaram de “a verdade de Jesus Cristo”.

Seundo o jornal ‘Atlanta Constitution’ informou que “algumas centenas” de pessoas participaram da manifestação, que reuniu um público diversificado incluindo políticos e ativistas pró-vida.

David Benham lembrou em um discurso no comício como seu ‘reality show’, chamado “Flip It Forward”, na de HGTV, foi cancelado em 2014 por causa da oposição que ele e seu irmão têm sobre o casamento gay, mas disse que suas fortes visões pró-vida também foram motivações para ataques “extremos e odiosos”.

Ele repetiu o que disse na época em que perdeu o seu espaço na TV, declarando: “Creio que um nascituro no útero de uma mãe é um ser humano criado por Deus. Pensar dessa forma não é extremismo, pois essa é a verdade de Jesus Cristo”.

David disse que ele e seu irmão Jason estavam orgulhosos de sacrificar seu programa de TV, para se manterem firmes sobre o que acreditam, e argumentou que Deus “está chamando cada um de nós a fazer sacrificar alguma coisa”, porque as pessoas têm de defender a verdade.

“Agora é a hora de os pastores e políticos americanos sacrificarem sua posição de poder e influência em nome daqueles que não têm voz, para defenderem a verdade de Deus”, insistiu.

David Benham apontou ainda que o problema na América não é “a presença da escuridão, mas a ausência de luz”.

“Nós não estamos aqui para simplesmente pregar o ódio contra o aborto. Estamos aqui para brilhar a luz de Jesus Cristo”, disse ele.

Jason Benham insistiu que o aborto não é uma questão política, mas também uma “questão que envolve o Evangelho”.


Discernimento

Ele acrescentou que as pessoas devem buscar discernimento do Espírito Santo “quando a cultura estiver tentando extinguir a Sua luz”.

“O aborto é a questão, é a questão principal”, declarou.

“Sua postura sobre a vida determina tudo”, continuou Jason Benham, exortando as pessoas a se apoiarem em Deus quando procurarem inspiração para defenderem o valor da vida.

“Quando Deus planeja a libertação, Satanás planeja a destruição”, ele apontou.

Em junho de 2016, os irmãos também ministraram uma palestra na Conferência “Road to Majority”, realizada pela Coalização ‘Fé e Liberdade’, em Washington. Na ocasião, eles advertiram que os EUA estavam sendo punidos por Deus, por permitirem que cerca de 60 milhões de crianças fossem abortadas, desde que a prática foi legalizada no país.

David Benham recitou do Salmo 106 na época, lendo: “A Nação de Israel sacrificou seus filhos e suas filhas aos demônios e derramou sangue inocente de seus filhos e filhas, que eles sacrificaram aos ídolos de Canaã, e a terra foi contaminada com seu sangue”.

Ele acrescentou, continuando a advertência: “Eles se tornaram impuros em suas práticas e se prostituíram em suas ações. Por isso a ira do Senhor se acendeu contra Seu povo e abominou Sua herança. As nações e aqueles que os odiavam governaram sobre eles”.

FONTECHRISTIAN POST
COMPARTILHAR
Artigo anteriorLembrança do Holocausto: O que aprendemos com isso?
Próximo artigoBizarro? Cientistas misturam homem e porco e criam animal "híbrido"
O Ponto das Igrejas é um canal interativo onde o povo de Deus toma conhecimento sobre os fatos que ocorrem no Brasil e no mundo. Desta maneira, ajudamos aos irmãos que não podem ficar muito tempo na internet , ao acessar o Ponto, sair do campo da ignorância e perceber que Jesus está voltando. O Ponto, atualmente, apresenta alguns colunistas que estão sendo usados por Deus para dar ânimo aqueles soldados feridos nas batalhas da vida. Somos criados para glória Dele e usamos as palavras para testemunharem os feitos do Senhor em nossa vida.

COMENTE PELO FACEBOOK