Êxodo: deuses e reis – uma visão futurista

0
411

exodo-deuses-e-reis-filme-02 copyA proposta do filme não é apresentar um conteúdo religioso e sim, como o subtítulo sugere a relação entre a crença em deuses e a relação com os reis. Um filme com efeitos especiais consideráveis e apresenta a história do povo hebreu com os egípcios sem seguir a história real, onde o diretor cinematográfico ousa colocar elementos divergentes da história conhecida por todos. Por esta razão, críticas religiosas ou preconceituosas são irrelevantes quando a proposta não é levantar dúvidas sobre a história real, ou seja, não é especulativo como um documentário.

O filme relata a história do povo hebreu levado cativo pelos egípcios nos anos onde as pirâmides e estátuas egípcias estavam sendo erguidas (com a exploração de um povo).

Uma época de domínio de terras, ostentação de poder, culto a diversos deuses e formação de culturas de povos, sejam os dominados como os dominadores.

Os egípcios contribuíram na evolução da medicina, como demonstrado em algumas cenas o uso das sanguessugas, os farmacêuticos da época fazendo manualmente os medicamentos, a arte de escrever em pele de animais e narrar histórias nas colunas dos palácios.

O povo hebreu estava sobre dominação por um período de 400 anos, contudo, sua cultura não foi extinta e eram pastores, nômades e fortaleceram o cristianismo com valores morais e regras para o convívio social.

Existem cenas que fogem totalmente ao conhecimento comum sobre a história de Moisés. O filme relata os sentimentos de Moisés quanto à sua liderança e a insegurança diante dos desafios apresentados quando pediu a faraó que deixasse o povo ir para Canaã. Entretanto, nas cenas relativas as pragas acrescentaram elementos que fugiram a proposta da história como a presença de crocodilos, a espada de Moisés ao invés da vara, uma criança representando Deus e outros. Contudo, apresentou um aspecto sobre Deus que nos surpreende bastante para um filme: justificou o carinho Deus pelo povo e explicou o porque de algumas vítimas durante a negociação com faraó. Um aspecto humano onde a preocupação era com as gerações futuras, onde a perda de alguns agora seria para a libertação e perpetuação do povo para uma visão futura.

Enfim, recomendamos que todos possam ver este filme e desta maneira, valorizar a liberdade e repensar como você hoje pode influenciar na vida de gerações futuras.

Aproveite este clima de fim de ano e trace metas pessoas, mas não esqueça: você pode fazer muito mais!

Trace metas sociais onde a sua colaboração poderá mudar o futuro de outra geração!

Feliz 2015!

DEIXE UMA RESPOSTA

Digite seu comentário!
Digite seu nome aqui