Dulcelene de Jesus: De que lado você está ?

0
607

8301239531_a6c3e1fc34_oMuitos tem se calado.
Se fechando em seu mundo acham-se estar isento dos resultados da opressão e pressão para que deixemos de lado nossos princípios e passemos a ser simpatizantes de uma ideia que agride diretamente nosso Deus.
Como elefantes amarrados, o povo de Deus parece não ter a mínima noção do poder que tem.
Simplicidade?
Ignorância?
Humildade?
Ou simplesmente omissos e conformados, acomodados e descrentes da realidade do Evangelho de Cristo?
Não é raro, brigas e desafetos por causa de cargos, posições dentro da igreja.
Também nada incomum é ter pessoas reivindicando os seus “direitos”, agindo como se a igreja fosse propriedade particular, entre tantas coisas o que denota pessoas capazes de argumentar, reclamar, exigir…
E isso me leva a questionar: que tipo de Evangelho está sendo vivido?
Fomos nomeados Cristãos?
Qual é o real significado dessa nomeação?
Que evangelho tem sido aprendido, praticado, ensinado?
Jesus, o Cristo jamais se calou ou se omitiu para poupar a sua pele, antes se entregou à uma morte vergonhosa, desonrosa, padecendo grande afronta e dor para nos poupar.
Cristo declarou-nos um.
E onde está essa unidade?
Como posso ficar isenta de dor se um membro do meu corpo está sendo atacado?
Se colocam mordaça em minha boca, isso não me afetaria os outros membros de meu próprio corpo?
A não ser que seja insano por completo para se esbofetear, se agredir, se mutilar.
Se estivermos falando e vivendo o Evangelho de Cristo, como podemos então digladiar?
E se estamos fortes o bastante para fazê-lo, porque então não se levantar e lutar a favor da causa de Cristo, lutar ao lado da fileira de fiéis alistados para o bom combate, que não se trata de carne e nem de sangue?
Não melhor que lutar contra os seus, é se omitir.
Omissão não é escudo, mas a munição para a arma dos que matam.
A Palavra de Deus nos adverte: que quem deixa de fazer o bem que poderia fazer, comete pecado.
Quem é conivente com o erro é tão; senão mais responsável do que aqueles que praticam.
É hora de parar de hipocrisia, falsa santidade, religiosidade e se levantar e se juntar àqueles que não se envergonham de Cristo nem de defender a sua Palavra, pois aos que assim agem sabemos qual será a sentença naquele grande dia.
É tempo de viver a realidade do Evangelho de Cristo que não se trata de oprimir aos fracos e nem tampouco julgar, acusar e nem tornar inacessível a graça salvadora de Cristo. Menos ainda, mudar a poderosa palavra de Deus para agradar a quem quer que seja.
Deus sonhou, projetou e criou a família, bem precioso para Deus.
Eu sou a favor da família e defendo a palavra de meu Deus e quem ao lado dela está e não tenho medo e nem vergonha de declarar isso.
Porque eu fui chamada a proclamar o Evangelho do meu Cristo ressuscitado, e não para me conformar com esse mundo e nem com os padrões imorais e pervertidos que está sendo apregoado nele.
E você, de que lado está?

 

Dulcelene de Jesus – Colunista do Ponto das Igrejas

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAndré Valadão lidera campanha no Twitter contra o casamento gay
Próximo artigoPostura do Vaticano sobre pedofilia será de 'tolerância zero'
O Ponto das Igrejas é um canal interativo onde o povo de Deus toma conhecimento sobre os fatos que ocorrem no Brasil e no mundo. Desta maneira, ajudamos aos irmãos que não podem ficar muito tempo na internet , ao acessar o Ponto, sair do campo da ignorância e perceber que Jesus está voltando. O Ponto, atualmente, apresenta alguns colunistas que estão sendo usados por Deus para dar ânimo aqueles soldados feridos nas batalhas da vida. Somos criados para glória Dele e usamos as palavras para testemunharem os feitos do Senhor em nossa vida.