Sob forte nevoeiro

0
445

Hoje vou compartilhar com vocês algo que vivi há duas semanas atrás. No início da semana recebi de uma amiga uma mensagem da parte do Senhor junto com um clip de louvor. A mensagem era: ”Não temas a tempestade, eu sou contigo”. E o louvor dizia: “Eu sou o Deus que acalma o mar. Eu cuido de você.”

No dia seguinte, uma outra amiga que não conhece a primeira, me enviou um áudio, acreditem ou não, com o mesmo louvor. Guardei aquelas palavras em meu coração.

Era sexta-feira, uma tarde de vento e chuva, tempo muito fechado e eu tinha um passeio de barco marcado. Eu e minha família iríamos para uma ilha. Falei para o meu marido no carro que se o tempo estivesse muito ruim, nós não deveríamos embarcar. Era muito arriscado.

O barco saiu as 18:00 hs do cais. Embarcamos nós e o grupo, mais um grande número de pessoas e uma quantidade enorme de pedras de construção que seria levada para a ilha.

4920234Conforme o barco foi navegando, a chuva foi apertando e foi descendo sobre nós um forte nevoeiro. Lembrei à minha amiga que não tínhamos orado antes de embarcar, então começamos a orar. Tínhamos um horário previsto de chegada na ilha, mas a hora estava passando e nada de chegarmos.

Começamos a perceber um movimento estranho da tripulação logo ao término da oração. Eles estavam nervosos, saiam e entravam na cabine do barco sem falar com ninguém. O amigo que nos convidou então tomou ciência dos fatos e constatou que estávamos perdidos, navegando muito próximos das pedras, e sem o GPS do barco que parou de repente. Ele, como tem treinamento militar no mar, com seu GPS do telefone ligado, guiou o barco até o nosso destino.

Enquanto estávamos perdidos, vi as pessoas nervosas, apavoradas, mas na minha oração, eu não pude deixar de lembrar das palavras que Deus tinha me dado três dias antes. Eu sabia que ele era comigo, e me agarrei na sua Palavra.

Lembrei também da passagem aonde os discípulos, no meio do Mar da Galiléia, foram surpreendidos por uma forte tempestade que açoitava o barco por todos os lados, e, enquanto isso, Jesus dormia na proa. E quando foi acordado por aqueles homens que perguntavam: ”Mestre, não te importas que pereçamos?”, Ele repreendeu o vento e mandou o mar se acalmar e respondeu aos discípulos:”Porque sois assim tímidos? Como é que não tendes fé?” (Marcos 4,35-41)

Essa palavra em meu coração e mais a que eu havia recebido dias antes gerou fé suficiente para que eu imitasse o nosso Mestre. Orei com fé e com a autoridade que Ele mesmo me deu. O meu coração estava em paz no meio da tempestade. Eu sabia que o meu Jesus estava ali.

Finalmente chegamos ao nosso destino sem nenhum acidente com o barco e nem com ninguém. E, se você está passando por uma grande tempestade, se o nevoeiro não está permitindo que você enxergue a saída para esse problema, Deus quer que você saiba: Jesus está no barco com você. Não temas!

Andréa King- Colunista do Ponto das Igrejas