Nas alturas

0
169

Boeing-747-8Nossa vida é feita de muitos momentos diferentes, existem momentos de calmaria, onde tudo está bem encaixado, bem alinhado, quando não temos desafios à enfrentar, tudo caminha perfeitamente, debaixo do nosso total controle. São momentos aonde permanecemos na nossa zona de conforto, e quem não gosta de que tudo esteja calmo? Sem dúvida é uma condição bem confortável, mas perigosa.
Precisamos de momentos de calmaria, para que possamos renovar nossas forças. Porém, se prestarmos bem a atenção, esses períodos não nos trazem grandes crescimentos. Estando tudo bem, não exercitamos a nossa fé, relaxamos, muitas vezes, com as nossas orações e busca da presença de Deus, e não temos a oportunidade de ver a manifestação da glória do nosso Pai Celeste nas nossas vidas. Existem situações em que ficamos totalmente dependentes de Deus, e esses são os momentos em que buscamos mais e consequentemente, encontramos mais, ou seja, ficamos mais conectados ao Senhor, nossos ouvidos ficam mais sensíveis à sua voz.
A Palavra de Deus nos diz em Jeremias ( Jeremias 29:13 ), “Buscar-me-eis e me achareis quando me buscardes de todo o vosso coração,e serei achado de vós, diz o Senhor.”
Essa posição de dependência agrada ao Senhor. Qual é o pai, que ama o seu filho, que não se agrada quando é requisitado para ajudá-lo ou abençoá-lo de alguma forma? Todo  pai
(e mãe também) fica feliz em perceber que seu filho confia nele.
A confiança em Deus só se torna visível quando, através dos desafios, fazemos a escolha de depositar a nossa fé Nele e seguimos a direção que nosso Pai nos conduz.
E se, de repente, surge algo totalmente novo à sua frente? Será que em seu coração habita coragem suficiente para enfrentar o novo de Deus na sua vida? Há momentos em que só tendo total confiança em Deus é que conseguiremos dar o passo que nos levará à vitória.
Quando entramos num avião, cremos que ele vai levantar voo e que nos levará ao nosso destino em segurança, caso contrário, acho que nem entraríamos nele, não é verdade? Então entramos, sentamos e deixamos que o piloto conduza a aeronave. Não opinamos em nada, pois ele sabe o que está fazendo. Creio que, se vários passageiros começassem a opinar na forma do piloto pilotar o avião, iria atrapalhar demais a condução do voo, podendo até derrubar o avião.
Quando conhecemos a Deus e nos tornamos parte do Corpo de Cristo, Ele quer nos levar à lugares mais altos, sejam estes na nossa vida espiritual (primeiramente), mas também em todas as outras áreas da nossa vida, sejam elas familiar, financeira, de saúde ou até emocional, então, deixemos o Senhor conduzir o nosso voo, a nossa vida, as nossas escolhas. Ele sabe muito mais, enxerga mais longe.
Convido você hoje a voar mais alto e, para isso, deixar Deus ser seu piloto e condutor da sua vida e da sua casa. Creia, Ele sempre tem o melhor pra você, mesmo que naquele momento você não consiga enxergar.
“Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano, o que. Deus tem preparado para aqueles que o amam.”( 1 Cor 2:9 ).
Andréa King- Colunista do Ponto da Igrejas.