Vanessa Jane: Pequenas Missões: Iniciando o Ministério

0
219

EVANGELIZAO_4Tg 1:27 A religião que Deus, o nosso Pai, aceita como pura e imaculada é esta: cuidar dos órfãos e das viúvas em suas dificuldades e não se deixar corromper pelo mundo.

 A verdadeira religião é trabalho a favor do próximo. Nisso conhecerão que somos Seus discípulos. Temos algo, pensemos naqueles que não têm nada.

Falando em missões podemos fazer pequenos gestos que significarão muito para aqueles que abençoarmos. Porque não começarmos pela nossa rua e igreja? Atitudes simples como separar todo mês uma cesta básica e fazer uma doação, essa é uma atitude quase que imperceptível para nós que doamos, e grande e valiosa para aqueles que recebem. Separar algumas roupas e calçados ( em bom estado!) São atitudes de amor que farão a diferença na vida daqueles que passam necessidades.
Muitos enxergam uma grande barreira entre o que se é hoje e o desejo de ser um missionário. Antes de se olhar para um mundo distante, é importante trabalhar com o que se tem por perto, aprendendo a trabalhar com as pequenas coisas, adquirindo experiência para “obras maiores”, e assim depois de muito bem preparado se lançar por completo no seu chamado missionário.
É necessário ver e entender as situações de necessidade que existem ao nosso redor, ter sensibilidade para acompanhar com paciência pessoas que terão um processo mais lento e precisará de um acompanhamento mais preciso durante o início da sua jornada em fé.
Amar ao próximo como a ti mesmo é um mandamento em que temos que ter prazer em seguir. Cuidar dos outros como cuidamos de nós com amor, carinho, paciência, dedicação, etc Levando a palavra de Cristo a cada uma com o máximo de dedicação, visando a transformação dessas vidas e a salvação.
Neste pequeno texto quero te levar a refletir sobre as coisas simples que você pode fazer para alcançar mais vidas. Que tal começar agora? Vá até seu guarda roupa e separe com carinho algumas peças, vá até o seu armário e separe alguns alimentos, doe para alguém que precisa. Faça disso um hábito. Essa ação de amor fará toda diferença na vida de quem for abençoado por elas. Não é apenas o seu dinheiro, ore, abrace, ame. Seja guiado pelo Espírito Santo e tenha certeza que cada semente que você plantar produzirá um árvore frondosa e repleta de frutos para Jesus Cristo. AME.
Acima de tudo o amor 1Co 13

Ainda que eu fale as línguas dos homens e dos anjos, se não tiver amor, serei como o sino que ressoa ou como o prato que retine.
Ainda que eu tenha o dom de profecia, saiba todos os mistérios e todo o conhecimento e tenha uma fé capaz de mover montanhas, se não tiver amor, nada serei.
Ainda que eu dê aos pobres tudo o que possuo e entregue o meu corpo para ser queimado, se não tiver amor, nada disso me valerá.
O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha.
Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor.
O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade.
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor nunca perece; mas as profecias desaparecerão, as línguas cessarão, o conhecimento passará.
Pois em parte conhecemos e em parte profetizamos;
quando, porém, vier o que é perfeito, o que é imperfeito desaparecerá.
Quando eu era menino, falava como menino, pensava como menino e raciocinava como menino. Quando me tornei homem, deixei para trás as coisas de menino.
Agora, pois, vemos apenas um reflexo obscuro, como em espelho; mas, então, veremos face a face. Agora conheço em parte; então, conhecerei plenamente, da mesma forma com que sou plenamente conhecido.
Assim, permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor. O maior deles, porém, é o amor.

Fiquem no amor de Cristo.

Vanessa Jane – Colunista do Ponto

COMPARTILHAR
Artigo anteriorAndréa King: Confiança traz equilíbrio
Próximo artigoAndréa King: Perdoar é essencial
O Ponto das Igrejas é um canal interativo onde o povo de Deus toma conhecimento sobre os fatos que ocorrem no Brasil e no mundo. Desta maneira, ajudamos aos irmãos que não podem ficar muito tempo na internet , ao acessar o Ponto, sair do campo da ignorância e perceber que Jesus está voltando. O Ponto, atualmente, apresenta alguns colunistas que estão sendo usados por Deus para dar ânimo aqueles soldados feridos nas batalhas da vida. Somos criados para glória Dele e usamos as palavras para testemunharem os feitos do Senhor em nossa vida.